Crie seu calendário

Receba alertas mensais.

O auto-exame é uma das mais importantes armas contra o câncer de mama. Por isso a Motiva criou esta ferramenta online onde você se inscreve e recebe alertas mensais.

Em apenas um clique você pode salvar não apenas a sua vida, mas de muitas outras mulheres.

Auto-Exame de Mama

Uma Vez por Mês

Mulheres adultas de todas as idades devem realizar o auto-exame pelo menos uma vez por mês, de acordo com o Johns Hopkins Medical Center.

Quarenta por cento dos cânceres de mama diagnosticados foram detectados por mulheres que sentiram um caroço, então ter o costume de realizar o auto-exame é muito importante.

Embora mamografias possam ajudar na detecção antes que você perceba um caroço, o auto-exame te ajudará a se familiarizar com a aparência e anatomia da sua mama, de forma que você possa consultar um médico ao perceber qualquer mudança.

Como o Auto-Exame Deve Ser Feito

No Banheiro

No Banheiro

Usando a “palma” dos seus dedos, mova sua mão ao redor de toda a sua mama em um padrão circular – indo do mamilo para fora –, checando assim todo o peito até as axilas.

Examine ambas as mamas todo mês, verificando se há algum caroço, engrossamento ou área endurecida.

Caso note algo, entre em contato com o seu médico.


Em Frente a Um Espelho

No Espelho

Verifique suas mamas visualmente com os braços retos ao lado do corpo. A seguir, levante os braços acima da sua cabeça.

Note se há alguma mudança no contorno, como inchaço, depressão da pele ou mudança nos mamilos. A seguir, coloque as mãos na cintura e faça uma forte pressão para flexionar os músculos do peito.

A mama esquerda e direita não serão exatamente iguais (na grande maioria das mulheres), portanto procure por alguma depressão, enrugamento, ou qualquer mudança particular de um lado.


Deitada

Deitada

Quando você se deita, o tecido mamário se “esparrama” ao longo de todo seu peito, o que muda a consistência da mama e a localização de possíveis alterações no tecido mamário. Por isso, é importante examinar as mamas também na posição deitada. Deite-se do lado do corpo em que vai examinar a mama. Para examinar a mama esquerda, coloque um travesseiro embaixo do ombro esquerdo e levante o seu braço esquerdo.

Usando sua mão direita, mova gentilmente as “palmas” de seus dedos pela sua mama esquerda em um pequeno padrão circular, novamente indo do mamilo para fora, de forma a cobrir toda área da mama até a axila, como foi feito no exame de pé.

Faça pressões leves, médias e firmes. Esprema o mamilo à procura de secreções, e verifique se há caroços ou áreas endurecidas nas mamas. Repita esses passos invertendo os lados para examinar a mama direita.


Posso Confiar Apenas no Auto-Exame de Mama?

A Mamografia pode detectar tumores antes deles serem sentidos, portanto tal exame é indispensável.

Mas ao combinar o auto-exame com cuidados médicos regulares as mulheres podem saber o que é normal para elas, e assim, reportar qualquer mudança para seus médicos.

Se você encontrar um nódulo, marque uma consulta com seu médico, mas não entre em pânico – 8 em cada 10 caroços não são câncer.

Caso encontre qualquer alteração, contate o seu médico.

Quando o câncer de mama é detectado cedo e ainda se encontra localizado, a taxa de sobrevivência após o tratamento adequado é próxima de 100%.

Exame Clínico de Mama

Qual a Diferença Entre o Auto-Exame e o Exame Clínico de Mama?

O exame clínico de mama é feito por um profissional de saúde treinado para reconhecer as diferentes anormalidades e sinais de alerta.

Trata-se de um exame de imagem que provavelmente será feito pelo seu médico de família ou ginecologista no exame anual, enquanto o auto-exame é algo que as mulheres devem fazer todos os meses.

Exame Visual da Pele e do Tecido

Usando as “palmas” dos dedos, seu médico checará todo o seu seio, axila e clavícula para ver se há algum caroço ou anormalidade.

Vale ressaltar que muitas mulheres, especialmente antes da menopausa, apresentam tecido mamário com “calos endurecidos” e irregularidades palpáveis na mama, uma condição conhecida como mama fibrocística, que ocorre devido ao crescimento excessivo de tecido fibroso nas mamas. Embora isso seja algo que o médico possa querer examinar mais a fundo, não está relacionado a câncer de mama.

Um caroço suspeito – o tipo pelo qual o médico está procurando – é geralmente do tamanho de uma ervilha

Seu médico também checará gânglios linfáticos próximos aos seios para ver se eles estão maiores que o padrão.

Avaliação de Áreas Suspeitas

Se um caroço for descoberto, o seu médico verificará seu tamanho, formato e textura. Ele também checará sua mobilidade.

Caroços benignos costumam ser diferente dos malignos (cânceres), mas todos os caroços devem ser examinados para se chegar ao diagnóstico correto.

Vale saber que os caroços macios, lisos, arredondados e móveis podem ser benignos, mas também podem ser cistos – bolsas cheias de líquido que são, na grande maioria das vezes, igualmente benignos.

Já um caroço duro e de forma estranha que pareça estar muito fixo tem mais chances de ser maligno, porém mais exames são sempre necessários para tirar conclusões.

O Valor do Exame Clínico de Mama

Exames clínicos de mama são importantes na detecção precoce do câncer de mama.

Embora a maior parte dos caroços sejam descobertos pelo auto-exame, o médico deve sempre confirmar os achados relatados, pois poderá notar diversos aspectos que a paciente não perceberia.

Crie seu calendário agora!

E receba notificações mensais via e-mail

Sintomas e Sinais

Toda pessoa deve saber os sintomas e sinais de câncer de mama, e sempre que alguma anormalidade for percebida, ela deve ser informada a um médico.

Ao fazer auto-exames de câncer de mama mensalmente, você será capaz de identificar quaisquer mudanças em seus seios mais facilmente.

Não deixe de contatar seu médico se notar algo incomum.

Mudanças no Tato pela Mama ou Mamilo

Sensibilidade no mamilo, ou caroço ou engrossamento no mesmo, proximidades ou proximidades da axila.

Mudança na textura da pele ou alargamento de poros pelo seio.
(algumas descrevem como a textura de uma laranja)

Um caroço no seio.
(é importante lembrar que todo caroço deve ser investigado, mas nem sempre são cânceres)

Mudanças na Aparência da Mama ou Mamilo

Alguma mudança inexplicável no tamanho ou forma do seio.

Depressão em qualquer área da mama.

Inchaço do seio inexplicado.
(especialmente de um só lado)

Encolhimento do seio inexplicado.
(especialmente de um só lado)

Assimetria recente dos seios.
(é normal que um seio seja maior do que o outro, mas é importante investigar caso essa diferença seja recente)

Mamilo levemente invertido ou para dentro.

Pele do seio, aréola ou mamilo escamosa, vermelha ou inchada – ou com “serrania” ou “encovamento” que remete a casca de uma laranja

Qualquer Supuração do Mamilo Especialmente Transparente ou Sangue

É importante saber que vazamento de leite quando uma mulher não está amamentando deve ser investigado por um médico mesmo não sendo diretamente relacionado com câncer de mama.

Com quantas mulheres você convive diariamente?

Uma em cada 8 mulheres* terá câncer de mama e você pode fazer a diferença.
*Fonte: National Breast Cancer Foundation Inc.

Exame Visual da Pele e do Tecido

Quase sempre, esses sintomas não são resultantes de um câncer, mas qualquer sintoma de câncer de mama deve ser imediatamente investigado.

Se você tiver qualquer um desses sintomas, você deve contatar o seu médico para que o problema seja diagnosticado e tratado.

Se eu não tiver nenhum sintoma, devo concluir que não tenho câncer?

Embora não haja motivo para se preocupar, exames de rotina são sempre importantes. O seu médico poderá identificar algo antes que você possa perceber os sintomas.

Durante a sua consulta, seu médico perguntará o seu histórico pessoal e familiar, e realizar exames físicos. Além disso, seu médico pode pedir exames de imagem como a mamografia.

Hábitos Saudáveis

O Que Posso Fazer Para Reduzir o Risco de Câncer de Mama?

  • Manter um peso saudável
  • Se manter fisicamente ativa
  • Comer frutas e vegetais
  • Não fumar
  • Limitar o consumo de álcool

Ter Um Cronograma de Detecção

A detecção precoce proporciona uma grande possibilidade de sucesso no tratamento.

Quando o câncer de mama é detectado cedo e ainda se encontra localizado, a taxa de sobrevivência com tratamento adequado é próxima de 100%.

Um Cronograma de Detecção inclui fazer auto-exames de mama mensalmente; fazer exames clínicos regularmente e seguir as recomendações do seu médico quanto a mamografia, que estarão diretamente relacionadas a sua idade e histórico médico.

Uma em cada 8 mulheres* terá câncer de mama em algum momento da vida.
*Fonte: National Breast Cancer Foundation Inc.

O Mito do Câncer de Mama

Mito:
Ter um caroço no seio significa que você tem câncer de mama.

A Verdade:
Apenas uma pequena porcentagem dos caroços na


Ler mais mama são cânceres.
Porém, caso você encontre um caroço persistente ou notar qualquer mudança no tecido mamário, você não deve ignorá-lo de maneira nenhuma. É muito importante que você procure o seu médico para realizar exames clínicos. Ele possivelmente pedirá exames de imagem para determinar se o caroço é algo preocupante ou não.
Tenha mais controle da sua saúde fazendo auto-exames de rotina, estabelecendo uma comunicação constante com o seu médico, fazendo exames clínicos anuais e as mamografias de rotina. Menos

Mito:
Câncer de Mama é contagioso

A Verdade:
Você não pode pegar câncer ou transmiti-lo para outra pessoa.


Ler mais O câncer de mama é resultado do crescimento descontrolado de células que evoluíram através de mutações e que começam a se espalhar pelo tecido mamário.
Porém, você pode reduzir os riscos de ter câncer levando um estilo de vida saudável, estando alerta quanto aos fatores de risco, e seguindo um plano de detecção precoce de maneira que você seja diagnosticada em caso inicial (caso algo ocorra). Menos

Mito:
Homens não têm câncer de mama; apenas mulheres.

A Verdade:
Muito pelo contrário. Todos os anos, aproximadamente 2190 homens são diagnosticados com câncer de

Ler mais mama e 410 deles vêm a morrer.
Embora seja uma porcentagem muita pequena, homens também devem se checar periodicamente com auto-exames no banho e contatarem seus médicos caso algo anormal seja observado.
O câncer de mama em homens é frequentemente detectado como um duro caroço abaixo do mamilo ou aréola. Homens têm uma maior taxa de mortalidade que mulheres, principalmente porque essas informações não são tão difundidas entre os homens, o que leva a atrasos no tratamento. Menos

Mito:
Se você tiver um parente de segundo grau com câncer de mama, você provavelmente terá câncer.

A Verdade:
Embora mulheres com histórico familiar se encaixem no grupo de risco, a maior
Ler mais parte das mulheres com câncer de mama não têm qualquer histórico familiar. Estatisticamente, apenas 10% dessas mulheres têm um caso de câncer na família.
• Se você tem um parente de primeiro grau com câncer de mama, como mãe, filha ou irmã abaixo dos 50 anos, você deve considerar a realização de exames clínicos a partir de 10 anos a menos em relação ao familiar que teve câncer.
• Se você tiver um parente de segundo com câncer de mama, como avó ou tia, o seu risco é um pouco maior, mas não se encaixa no grupo de risco de parentes de primeiro grau.
• Se você tiver várias gerações de familiares com câncer de mama no mesmo lado da família, ou se há vários indivíduos com relação de primeiro grau – ou vários familiares diagnosticado abaixo dos 50 anos –, a probabilidade de você ter um gene de câncer aumenta consideravelmente. Menos

Mito:
A mamografia pode levar o câncer a se espalhar.

A Verdade:
A mamografia, ou raio-x do seio, continua como a regra de ouro para a detecção precoce do câncer

Ler mais de mama.
A compressão da mama durante uma mamografia não pode fazer um câncer se espalhar, de acordo com o National Cancer Institute.
“Os benefícios da mamografia quase sempre superam os malefícios da exposição a radiação. Mamografias requerem minúsculas doses de radiação, sendo assim, tem baixíssimo risco de dano.”
A recomendação padrão de mamografias anuais para mulheres é que se comece aos 40 anos. Baseie suas decisões nas recomendações do seu médico e certifique-se de tirar todas as suas dúvidas e preocupações com ele. Menos

Mito:
Anti-transpirantes e desodorantes causam câncer de mama.

A Verdade:
Pesquisadores do National Cancer Institute (NCI) não têm qualquer

Ler mais evidência conclusiva que ligue o uso de desodorantes ou anti-transpirantes ao câncer de mama. Menos

FAQ

Crie seu calendário agora!

E receba notificações uma vez por mês via e-mail.

SIGA MOTIVA IMPLANTES
Com mais de 30 anos de experiência, estamos criando uma nova geração de implantes mamários com os níveis mais avançados de segurança.